Prêmio Top Blog 2011

http://www.topblog.com.br/2011/

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Com Açucar e Muito Afeto!


Antes mesmo que Marina pudesse gotejar seu último suspiro, ela teve um sonho... Dentro de nuvens, embora fora delas, sua lágrima escorria mundo afora! Amparada pelos braços de Nina, sua vida corria solta pelos arredores da Ilha, ora junto à praia, ora embaixo da Árvore dos Desejos, ora no quarto da casa de Nina, onde viveu momentos de puro êxtase em sua companhia.
Agora, o rosto de sua amada chegava próximo do seu e acalentava a sua dor. Ah! Se o mundo pudesse ouvir... Se o mundo pudesse entender aquele amor! Marina sentia-se tão só, mesmo estando no conforto da amiga. Parecia-lhe que os Anjos não lhe davam a atenção que merecia. Mas, bobagem... Eles estavam bem junto a elas! Nina lhe sorria e se encantava com a sua beleza interior. Suas mãos, tão quentes, acariciavam seu sorriso maroto, que trazia a alegria de um dia ter encontrado um amor tão puro e inocente, capaz de ter lhe devolvido a vida que julgava tão distante. E a vida junto à Nina lhe foi o maior presente. Seus olhos não queriam ser cegos, não agora! Precisava rever, em memória, tudo o que viveu... Com açúcar e com muito afeto! Havia de deslumbrar, ainda, fascinada, um momento ímpar... Um primeiro beijo, um primeiro afago! Tantas carícias, tanto amor! Nina era seu talismã da sorte, a pessoa com a qual viveu instantes tão largos de pura magia. Nina foi o seu grande amor!
Antes mesmo que Marina pudesse gotejar seu último suspiro, Nina, nos braços de Pedro, sentiu uma dor aguda no peito e desfaleceu... Não pelo beijo de seu amado... Agora, pelo sentimento de uma grande perda! Marina, enfim, fechou os olhos e sorriu.
BA!

Um comentário: